quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Prefeito Comunica ao Conselho Popular, REVOGAÇÃO à Abertura da Rua que Prejudicaria a Horta



Na noite desta quinta-feria (03/12/2015), o gestor do CAR Lomba do Pinheiro, o senhor Copinaré Acosta, informou o pedido do prefeito José Fortinati, dirigido ao Conselho Popular da Lomba do Pinheiro, referente à sua decisão de revogação da Abertura de Rua que passaria por área do Centro Cultural e prejudicando o andamento da Horta comunitária, conforme segue:

"Prezado Gestor Geral Copinaré, solicito que informe ao Conselho Popular da Lomba do Pinheiro de que estou de acordo com a visão dos Conselheiros e os argumentos apresentados a respeito desse processo e, desta forma, NÃO irei homologar a decisão do CMDUA. Assim a decisão tomada pelo Plano Diretor fica revogada preservando a Horta Comunitária e o meio ambiente. Abraços José Fortunati, Prefeito".

Alertamos que na noite de ontem (02/12/2015) na reunião de planejamento do Conselho Popular havia sido agendado uma paralisação para o dia 18/12/2015, às 7h na saída da Lomba do Pinheiro, como Protesto a surdez dos eminentes conselheiros do Plano Diretor, que do alto da sua arrogância não deram ouvidos aos apelos justos da comunidade. O Conselho Popular iria iniciar o primeiro ato de protesto à essa decisão.

Na manhã dessa sexta-feira (04/12) o Grupo e Trabalho designado para organizar a paralisação, sentará e revisará essa deliberação, em razão da informação passada pelo prefeito. Registramos, no entanto, a relevante iniciativa dos nossos Conselheiros: Rodrigo e Diaran que alertaram sobre esse problema, às lideranças da região, e que de forma muito atenta foi encorporada pela Lurdes e Flávio a tarefa de incentivar as demais lideranças a não aceitar essa decisão, que era unânime por todos.

Mesmo tendo sido acompanhado todas as reuniões daquele CMDUA, não bastou para que essa contrariedade fosse considerada e o tal processo da Gravame da Rua foi aprovado a revelia do pedido da comunidade. Por esta razão o Conselho Popular se manifestou e iria promover uma ampla mobilização de protesto a essa votação feita por esses senhores, que tudo indica a serviço da especulação mobiliária, como dava entender.

O Conselho Popular agradece a postura do prefeito, principalmente pelo respeito as posições deste Conselho Popular, ao nos informar sobre a sua decisão. Diante disso, a nossa posição será de cancelamento ao ato de paralisação, mas mantendo-se a vigilância aos passos seguintes.

Salve a organização popular e a justa luta dos diversos atores sociais preocupados com o bem comum da nossa região.

Francisco Geovani de Sousa
Coordenado do Conselho Popular
da Lomba do Pinheiro

4 comentários:

  1. Esta decisão do prefeito honra a luta de nosso movimento comunitário!!! Viva nós!!!!
    Saudações a todos,
    Tavama

    ResponderExcluir
  2. Parabéns D. Lurdes e demais conselheiros. E que o lindo trabalho da horta comunitária e sua paixão por ele contaminem outras comunidades de Porto Alegre, como já contaminou o Jeferson da Vila Sossego...
    Um abraço
    Maria Ines Azambuja, UFRGS, programa Saúde Urbana.

    ResponderExcluir
  3. Foi digno a luta encabeçada por lideranças e movimentos a favor do meio ambiente.Com apoio incondicional dos conselhos como : plano diretor regional ,Orçamento Participativo e o Conselho Popular,e bem como Escolas Municipais e Estaduais,SASES e diversas Associações ,mostramos que a vontade da comunidade prevalece.Agradecemos mutuamente o bom senso do nosso digníssimo prefeito José Fortunati que acatou a vontade dos moradores da Lomba do Pinheiro,mostrando assim que é defensor do meio ambiente .Parabéns a todos que foram os pilares de sustentação desta ação coletiva em prol de nossas matas da região e de nossa horta que é de todos.

    ResponderExcluir
  4. Uma atitude de bom senso do Prefeito Fortunatti. É fundante para os governantes ouvir e atender a voz que vem das ruas. Salve a luta da Lomba do Pinheiro.

    ResponderExcluir